Yoga na pandemia: a busca pela prática aumenta como uma alternativa para cuidar da saúde

Por Camilla Menezes

Após o início da pandemia da covid-19, em março de 2020, a busca pelo yoga no Brasil aumentou 100% em relação ao mesmo período de 2019, de acordo com a plataforma Google Trends. Visto que o mundo ainda não sabia como se proteger do novo coronavírus, as únicas alternativas encontradas na época como um meio para diminuir a disseminação da doença, já que ainda não havia vacinas, era o uso de máscaras faciais, álcool em gel e o isolamento social, que foi amplamente adotado por governos de vários países para que a população ficasse em casa. Desta forma, sem poder ver amigos e familiares, e com o trabalho e os estudos interrompidos por um período de tempo, a prática do yoga foi adotada por muitas pessoas como uma maneira de cuidar da saúde física e mental.

As buscas pelo yoga no Google durante os últimos 5 anos. Crédito: Reprodução Google Trends

A publicitária e pós-graduada em yoga, Jéssica Oliveira, acredita que o aumento da busca por essa prática tenha acontecido como uma forma de auxiliar na diminuição do estresse e da ansiedade causados pela pandemia. “Houve uma procura muito alta pelo yoga, bem como meus alunos também aumentaram. Estávamos todos vivendo dentro de um padrão, cada um com a sua rotina e hábitos, e quando a pandemia chegou, ocasionou muitas mudanças que afetaram significativamente o dia a dia de todos. De certa forma, reclamar já não era uma opção, então acredito que as pessoas buscaram alternativas para se manterem ativas, para administrar a ansiedade e o estresse, como também alternativas de exercícios que ajudariam a manter o corpo físico em movimento”, relata a professora, que ministra aulas desde 2016.

Desta forma, o yoga passou a ser amplamente praticado no ambiente virtual, em plataformas como o Instagram e o YouTube, e através de aplicativos disponibilizados para celulares, tablets e computadores. A estudante de nutrição da Universidade Federal do Piauí, Thaylla Carvalho, começou a praticar o yoga há quatro anos, quando procurava melhorar a sua flexibilidade. No período pandêmico, os exercícios físicos continuaram na sua rotina e ela afirma que foi uma maneira de lidar com o seu lado emocional.

“O yoga é meu momento comigo mesma, onde tenho plena consciência do meu corpo e mente. Diferentemente das minhas práticas iniciais para desenvolver a flexibilidade, o yoga hoje traz mais calma para os meus dias, me ajuda a lidar com minhas emoções, me ajuda a pensar melhor, me tornou mais criativa também, sabe? É uma sensação de bem estar que me completa”, observa Thaylla.

Thaylla Carvalho praticando yoga de forma online. Crédito: Reprodução Thaylla Carvalho

O que é o yoga e quais são os seus benefícios?

Conforme a literatura especializada no tema, o yoga surgiu há mais de cinco mil anos, na Índia, e foi introduzido por Shiva – um dos principais deuses para a mitologia hindu -, conhecido como rei dos bailarinos, que executou alguns movimentos que hoje são bastante conhecidos. Anos depois, a prática recebeu o nome yoga, que significa união. Os seus praticantes, chamados de yoguis, acreditam que a proximidade com o “divino” acontece no momento que a mente está mais calma e leve, por isso a prática também é considerada como uma filosofia ou uma ciência.

Durante o exercício, a combinação da atenção centrada na respiração e no momento presente com os variados movimentos existentes, resultam em diversos benefícios para a saúde. Jéssica explica que a prática ajuda as pessoas de diferentes formas, inclusive no autoconhecimento. “O yoga é um conjunto de ferramentas e técnicas que te auxiliam na sua jornada de autoconhecimento, e promove saúde e bem estar, conectando o corpo, físico, mental, emocional e espiritual. Os benefícios são muitos, desde adquirir conhecimento de si mesmo, aumentar a concentração, foco, disposição, ganhar flexibilidade e força, a desenvolver a espiritualidade entendendo que somos parte do todo, e que a verdadeira busca é interna, voltar-se para dentro e se conectar com a sua verdadeira essência”, ressalta.

Jéssica Oliveira praticando a posição de invertida do yoga. Crédito: Reprodução Jéssica Oliveira

Yoga presencial ou virtual? Qual o futuro da prática no pós-pandemia?

Segundo a Our World Data, publicação online que disponibiliza dados atuais sobre a pandemia da covid-19, mais da metade da população brasileira já está imunizada contra o novo coronavírus, com as duas doses da vacina tomadas. Assim, muitos lugares reabriram e voltaram a realizar eventos presencialmente, como é o caso de bares, casas de show, escolas, academias e estúdios de aula de yoga. O fato é evidenciado pelo gráfico da plataforma Google Trends mostrado anteriormente, que indica uma diminuição na busca pelo yoga nos últimos meses de 2021.

A professora Jéssica Oliveira, por exemplo, já chegou a ministrar aulas presencialmente, com seus alunos seguindo as medidas sanitárias necessárias para o convívio social, como o uso de máscaras. Dando aulas online desde 2016 também, Jéssica prevê que as pessoas não escolherão apenas uma única forma para praticar o yoga. “Eu acredito que depende. Até quando as pessoas estarão em home office? Talvez alguns procurem a aula presencial para conhecer, e havendo interesse opte por manter os dois. Não acredito que opinariam apenas por um ou pelo outro. Acredito que existe grande chance de manter os dois”, examina.

Jéssica ministrando aula de yoga na forma presencial, com seus alunos usando máscara e mantendo o distanciamento social. Crédito: Reprodução Jéssica Oliveira

Para quem ainda não se tornou adepto de nenhuma das duas formas e tem interesse em começar a praticar o yoga, Jéssica aconselha que a pessoa vá aberta para viver a experiência. “Faça uma aula experimental e pratique com professores diferentes, opte por procurar um ambiente (professor ou modalidade) que você se identifique. Mas principalmente, comece, sem colocar expectativas, apenas aberto para uma nova experiência, que pode mudar a sua vida”, indica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.