O Theatro 4 de Setembro volta ao palco

Após mais de um ano fechada, a casa de espetáculos reabre ao público

Pedro Melo

Fechado deste o início das restrições sanitárias, devido à pandemia Covid-19, o Theatro 4 de Setembro, localizado no centro de Teresina, reabriu as portas para apresentações com público em suas cadeiras. A casa estava recebendo apenas lives promovidas pela Secretaria do Estado de Cultura (SECULT), vinculada ao Governo Estadual do Piauí.

João Vasconcelos, diretor do Theatro 4 de Setembro, afirma que as lives não supriam as interações antes proporcionadas pelo espaço. “É complicado. Quando você realiza um espetáculo que precisa estar utilizando as redes sociais, não tem aquela troca que acontece entre o espectador e o artista.”. João complementa que o distanciamento também trouxe dificuldades financeiras em função da não realização dos eventos

Após decreto n° 20.150 do Governo Estadual, o mais tradicional teatro do Piauí pode receber até 50% da capacidade com obrigatoriedade de os participantes estarem com a imunização completa, dose única ou teste RT-PCR negativo.

Para os artistas, que ficaram longe das luzes do palco, a reabertura da casa de espetáculo representa um recomeço. É o caso do Grupo Harém de Teatro que, desde o final da década de 80, se apresenta no 4 de Setembro. Francisco Pellé é ator do grupo e fala as expectativas para os próximos meses. “Nesse ano de 2021 nós não temos planos de ocupar a pauta do teatro nessa ‘revolta’. Mas, em 2022, nós estamos com projetos de ocupar a pauta com a estreia de um novo espetáculo. Em março nós estamos pretendendo fazer uma temporada com os dois espetáculos ‘Abrigo São Lucas I’ e ‘Abrigo São Lucas II’. Também já estamos agendando para agosto de 2022 a realização do ‘Festival de Teatro Lusófono’que é um festival de teatro de língua portuguesa organizado pelo grupo Harém de Teatro.”, revela o ator.

Grupo Harém de Teatro durante apresentação no Theatro 4 de Setembro

Pedro Martins, estudante, frequentava o teatro para assistir apresentações de ballet e do Projeto Seis e Meia. Pedro fala o que representa o Theatro 4 de Setembro. “O teatro para mim é a cultura, é a forma do artista expressar sua arte, suas inquietações, onde ele proporciona a nós, espectadores, um momento de reflexão ou diversão.”, comenta. Pedro fala em valorização dos artistas com a volta do público. “A volta do teatro é importante para que esses os artistas possam voltar a expressar sua arte. Todos nós deveríamos retornar, tomando todos os cuidados e mantendo o distanciamento; devemos valorizar e apreciar esses artistas que durante suas apresentações fazem a arte acontecer.”, pontua.

João revela como tem sido a retomada do público desde o mês de setembro, quando a casa voltou ao cenário de apresentações artísticas. “No mês de setembro as pessoas ainda estavam mais tímidas, mas em outubro o que nós já realizamos dariam até duas sessões. O público está com sede, está cansado de estar dentro de casa, de ver live. O público quer estar presente e isso é que alimenta o artista.” e complementa, “Que não haja um retrocesso. Que a gente mantenha os cuidados”, comenta o diretor.

A esperança de casa cheia, dentro das normas sanitárias, com a volta do público apreciador de teatro, é um dos sentimentos que envolve o Grupo Harém de Teatro. Francisco comenta que, “O que nós temos que torcer é para o abrandamento dessa pandemia. Acho que a volta tem que ser cercada de muitos cuidados e de um protocolo rígido. Mas acho que a população, de certa forma, está um pouco ávida para sair de casa para ver as coisas e retomar a sua vida. Com a abertura do Theatro 4 de Setembro, esse público tende a voltar. Eu espero e estamos acreditando na esperança de que esse público está ávido a ver e conferir o que foi que esses artistas pensaram, produziram ou estão produzindo nesse período pandêmico.”, fala Francisco.

O Theatro foi tombado como patrimônio histórico do Piauí em 2002. Em 2021, o teatro completou 127 anos e recebeu artistas renomados como Elba Ramalho e o artista local Gonzaga Lu. O teatro está localizado na praça Pedro II, centro de Teresina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.