CULTURA EM CRISE: artistas piauienses tiveram que se reinventar durante a pandemia

Por Rama Nogueira e Samanta Leão

Em meio ao surto de coronavírus que se alastrou pelo mundo desde 2020, eventos culturais e feiras, que movimentam a economia dos locais onde são realizados, foram adiados ou suspensos, prejudicando o entretenimento do público e a vida de quem depende da arte e cultura para viver.

Devido a esta crise sanitária, vários artistas estão passando por dificuldades em encontrar uma fonte de renda. Desta forma, a maneira mais viável para ultrapassar esse obstáculo é através das redes sociais, onde realizam lives, expõem seus trabalhos, pedem doações e mais visibilidade para a causa a fim de arrecadar mais recursos.

Cantora Dandinha durante live solidária – Foto: blogdoalbertobarros

Grande parte dos artistas disponibilizam aulas e apresentações gratuitas, o que é bom para público pois há muito conteúdo sendo oferecido, mas que ao mesmo tempo, é complicado para quem poderia estar sendo remunerado por seu trabalho, agravando a situação financeira.

Thaysa teve lucro reduzido, mas busco se aperfeiçoar

Thaysa, artista visual independente sob o nome de Mãos Robóticas, é uma das pessoas que se viu em um momento delicado devido à pandemia. Sendo uma das idealizadoras de uma loja de acessórios em biscuit, conhecida como Brincoteca, Thaysa diminuiu significativamente os lucros que vinham por meio de suas artes, uma vez que os produtos eram vendidos em feiras e eventos voltados ao público jovem.

Sobre seu processo criativo nesse período, ela comenta que passou a acompanhar diversos artistas brasileiros por meio da internet, além de buscar novas referências em meio aos seus gostos pessoais, instigando assim uma mudança no seu traço e diversos outros detalhes de suas produções.

“Sempre olho para todas essas coisas e tento vê-las como processos. Tento não ficar me culpando ou me achando menos artista porque não estou postando minhas artes ou produzindo da mesma forma que antes. Apesar disso, é preciso analisar o que estamos passando, porque tudo faz parte e cada detalhe vai acrescentar na minha arte de alguma forma também” afirma a artista.

Thaysa, Mãos Robóticas

Lei Aldir Blanc deu suporte no pior momentos dos artistas

A banda piauiense TOPGUN foi uma das beneficiadas com o auxílio da Lei Aldir Blanc.
Especialistas em covers dos anos 80, a banda conquistou um público eclético na capital e é certeza de lotação por onde passa, fazendo com que seja uma das bandas de maior prestígio da cidade.

Banda TopGun. Foto: Noticias leal Comunicação

Luana Campos, vocalista da banda, cita que esse benefício compensou por aproximadamente quatro meses de shows. “Foi um tapa buraco, mas entendemos que não tem como contribuir mais do que isso. Estamos há muitos meses sem shows, então para quem estava sem nada, acabou sendo de enorme ajuda sim”.

O auxílio é um suporte de grande importância tanto para ajudar um pouco financeiramente aqueles artistas que estão parados, como também para produzir. “Nós estamos realizando lives com a ajuda do auxílio. Além de nos ter dado a oportunidade de continuar produzindo material, é uma forma das pessoas lembrarem que a banda ainda existe e está ativa”, comenta.

Projeto RenovAR-TE distribuiu cestas básicas e foi alívio para artistas plásticos

Em Teresina, o projeto RenovAR-TE, foi uma ideia da galeria Montmartre com o intuito de arrecadar cestas básicas para artistas de Teresina em dificuldades financeiras. Com divulgações e parcerias foram mais de 200 cestas básicas arrecadadas e distribuídas entre artistas plásticos, circenses, atores, músicos e etc.

O projeto começou na Páscoa e até hoje perdura com todo tipo de ajuda oferecida.
A idealizadora do projeto e artista plástica Gina Castelo Branco, 53, acredita que pequenas ações, combinadas a um coletivo, se tornam uma enorme mudança na vida das pessoas.

“É momento de nós, artistas e apreciadores de arte, formarmos uma rede de apoio para assistir àqueles que estão em dificuldade financeira e de saúde. A união nesse momento salva vidas” declara a galerista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.