A realidade dos ciclistas de Teresina

Repórter: Joélia Cantuária

ciclovia
Falta de ciclovias é a principal reclamação dos ciclistas (Foto: Reprodução/Internet)

Trânsito em Teresina, em horário de pico, é um dos problemas que mais afeta a população. Você, teresinense, com certeza, deve saber bem como é se locomover de carro, ônibus ou motocicleta no Centro da capital, no final da tarde, por exemplo. Apesar de a cidade não ser tão grande, a falta de mobilidade urbana interfere bastante no dia a dia das pessoas.

Muitos moradores, para se locomoverem de forma prática, com baixo custo e de forma saudável, utilizam a bicicleta. Para irem ao trabalho, universidade, passeios e atividades físicas. No entanto, nota-se uma preocupação com a mobilidade urbana, segurança no trânsito e mais estrutura para atender a demanda dos ciclistas.

whatsapp-image-2018-05-07-at-19-58-39
Bicicleta é alternativa viável para o trânsito conturbado, mas quem opta pelo transporte não está livre dos desafios. (Foto: Joélia Cantuária/Portal Luneta)

Wedson Santos, mestre em Antropologia, fala sobre a importância de utilizar a bicicleta como meio de transporte. “Faço uso de bicicleta desde o ano de 2016. Inicialmente, apenas para chegar ao trabalho, já que inexiste linha de ônibus que me leve até ele, saindo próximo de casa. No percurso da minha residência até o trabalho não encontro grandes problemas, certamente por que meu local de trabalho fica nas proximidades de casa”, relata.

Mas a coisa vai se complicando para o Wedson, a partir do momento em que o trânsito fica mais intenso e não há ciclovia. Ele trabalha na Universidade Federal do Piauí (UFPI) e, durante o percurso que faz, ele chega a usar de artimanhas para driblar a falta de educação e bom sendo de motoristas e motociclistas.

“Então, para me desviar do tráfego intenso, pedalo por cima de calçadas ou mesmo entro na contramão. Percebo que essas artimanhas para burlar os automóveis em transito é empregado por outros ciclistas, o que é sinal claro de que o deslocamento em bicicletas nem de longe foi ou é prioridade em nossa”, completa.

Legislação

O pensamento de Wedson coincide, em grande parte, com a realidade cotidiana de quem convive com a insegurança e a falta de estrutura em atender as demandas por parte do poder público. No ano de 2017, foi sancionada pelo prefeito de Teresina, o tucano Firmino Filho, o projeto de lei que cria o Sistema Municipal Cicloviário de Teresina. A Lei Nº 5.035/2017 é de autoria da vereadora Teresa Britto (PV).

De acordo com o texto, o sistema, que atuará de forma integrada ao sistema de transportes, busca a utilização segura de bicicletas, com a estruturação e criação de novas ciclovias, ciclofaixas, faixas compartilhadas, além de sinalização adequada na cidade. A lei tem o objetivo de promover a conscientização ecológica, reduzir os índices de poluição atmosférica e sonora e diminuir os congestionamentos de veículos.

“Útil ao agradável”

WhatsApp Image 2018-06-29 at 12.43.54

Luís Felipe, estudante de Educação Física da UFPI, fala sobre a importância da bicicleta como meio de transporte. (Foto: Joélia Cantuária/Portal Luneta)

Para o estudante Luís Felipe, graduando em Educação Física pela UFPI, a importância da bicicleta vai além da necessidade. “Antes de iniciar a graduação, já tinha interesse, pois utilizava nos momentos de lazer. Quando comecei o curso, percebi a necessidade por conta da minha rotina acadêmica, conseguir cumprir compromissos. Com a bicicleta, estaria unindo o útil ao agradável. Porque também é importante para a saúde”, disse ao Luneta.

Apesar de reconhecer a importância e os benefícios, o estudante fala sobre os desafios diários. “Infelizmente, vejo imprudência e falta de educação por parte dos motoristas, porque eles acham que os ciclistas devem andar no acostamento. Alguns buzinam, isso quando não tem ciclovias”, finaliza Felipe.

A produção jornalística que você acaba de ler/ouvir faz parte do trabalho desenvolvido pelos estudantes da disciplina de Webjornalismo – 2018.1, administrada pela professora Dra. Juliana Teixeira. 

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.